You Tube fecha canais anti-vacina

Nesta semana, o You Tube anunciou o fechamento de canais que propagam a desinformação contra a vacina, na plataforma. De acordo com a próprio You Tube, desde do ano passado já foram removidos mais de 130 mil vídeos. Para ler a notificação do You Tube, em inglês, clique aqui.

A notícia foi bem recebida. Outras plataformas já tinham tomada essa medida, como o Facebook. Esse inclusive disponibiliza um aviso, em suas postagens sobre a infecção da Covid19.

Observou-se que desde do começo de 2020, os ativistas anti-vacina estavam usando o You Tube para propagar todo o tipo de boatos ou falsas informações sobre a vacina, bem como sobre a Pandemia.

O DricaRibas já havia notado esse movimento e sempre se surpreendeu, como os algaritimos da plataforma sempre previlegiou os contéudos anti-vacina, ao invés de contéudos explicativos e até mesmo campanhas explicativas sobre a infecção causada pela Covid19.

Isso se dá pelo modelo de negócios das redes sociais. O algaritimo em si, não possue nenhum poder de diferenciar se esse ou aquele conteúdo é nocivo ou não. Essa decisão caberia à Plataforma, depois de uma checagem.

You Tube Alemanha deleta o Canal russo RT

Logo em seguida, o You Tube Alemanha encerrou o canal russo RT. Já fazia tempo que havia rusgas entre as mídias alemãs e o canal russo. Fazia tempo que se reclamava da desinformação que esse canal propagava, todo o tipo de fake news, além dos conteúdos anti-vacina.

O canal russo RT, em sua versão em alemão, planeja abrir um studio, no fim do ano, em Berlin e partir daí produzir um noticiário local. Espera uma licença, que ainda não tem data para se concretizar.

A retirada do canal RT DE do You Tube é um duro golpe para esses planos. Todos os vídeos do seu canal no You Tube eram reproduzidos diretamente em seu Website. No total, até o momento do seu banimento da plataforma eram mais 600 mil inscritos.

Essa decisão causou um mal-estar com o governo russo, já que o RT é um canal estatal. Kremlin falou inclusive de retirar os jornalistas alemães dos canais ARD e ZDF. O canal RT fala de uma guerra de informação, que aliás está muito longe de acabar.

O que é informação ou desinformação? Em tempos de redes sociais, não é nada fácil. Abriu-se um espaço importante para espertalhões propagar todo o tipo de mentira, para ganhar dinheiro. Cabe ao Jornalismo, virar esse jogo e trazer a informação verificada, doa a quem doer. Um desafio difícil, mas necessário.

Opinião DricaRibas