Vacina da AstraZeneca para pessoas abaixo dos 65 anos, na Europa.

A Comissão de Vacinação do Instituto Robert Koch* da Alemanha sugere o uso da vacina da AstraZeneca apenas para pessoas entre 18 a 64 anos. Diferente das vacinas da Biontech/Pfizer e Moderna.

De acordo com esse instituto, ainda não há disponibilizado estudos o suficiente sobre a eficiência dessa vacina para os grupos de risco, o maior afetado na segunda onda de infecções, aqui na Europa.

A briga segue entre AstraZeneca e Comissão Européia.

Negociações tensas entre a Comissão Européia e o laboratório AstraZeneca seguem. A Vice-Presidente do Parlamento Europeu, Katarina Barlez exige que o laboratório cumpra com a quantidade de vacinas prometidas em contrato.

O laboratório afirma que a União Européia fez o pedido três meses mais tarde, em comparação com outros países. De todas as maneiras, há uma pressão muito grande para que haja transparência para a licença do uso da vacina AstraZeneca, em solo europeu.

Amanhã, sexta-feira, 29 de janeiro espera-se a liberação da vacina da AstraZeneca na Europa.

De todas as maneiras, como o DricaRibas escreveu em posts anteriores, um atraso no calendário de vacinação dos países membros, já é certo.

*: O Instituto Roberto Koch corresponde ao Fio Cruy ou Instituto Butantan no Brasil.

Fontes: sites do ORF e ARD.