Tradições de Natal da Europa Central

Publicado por

O ano de 2021 passou como um relâmpago. Já estamos em dezembro. Nesse post, a DricaRibas vai mostrar algumas das tradições natalinas do mundo germanofono.

Mercadinho de Natal no Rathausplatz, em Viena

Mercadinhos de Natal: Sim, esse o hit absoluto das tradições natalinas. Em condições normais, sem Pandemia, é o lugar que amigos, colegas de trabalho ou família se encontram para tomar um “Gluehwien”. É bonito ver a decoração de Natal. O da foto é do Rathausplatz, aqui em Viena.

O mercadinhos de Natal também se estendem para a Alemanha. Aí há uma briga pelo mercadinho mais antigo do país.

Lebkuchen, pão de mel.

Kekse: os famosos biscoitinhos de Natal. Há de vários tipos e sabores. Esse da foto são de “Lebkuchen”, os pão de mel. Uma verdadeira delícia. Os da foto foram feitos pela minha filha, com massa pronta, comprada em supermercado.

Adventskranz

Adventskranz: É uma coroa de pinhos, com quatro velas que são acendidas a cada domingo que antecede o Natal, Foi criada no ano de 1839 pelo teólogo evangélico Johann Hinrich (1808 – 1881) para crianças pobres. A idéia era de contar quantos dias, até o Natal. Vale lembrar, que a cada vela acesa vem as cantorias, ou seja, canta-se as músicas de Natal. Essa tradição se estende para a Áustria, Alemanha e Suiça germanófona.

Nikolaus und Krampus

Nikolaus e o Krampus: O Krampus é uma espécie de diabo. Ele chega na noite do 5 de dezembro para saber se as crianças se comportaram ao longo do ano. Já o Nikolaus, ele chega no 6 de dezembro e traz frutas e doces para as crianças que se comportaram bem. O primeiro personagem é muito difundido nos alpes e em alguns países como a Tchequia, Eslováquia, Eslovênia, Hungria. Já Nikolaus é em quase toda Europa. Aqui na Áustria, ele se entrega doces e frutas em um saquinho de pano. No norte da Alemanha, os doces e frutas são colocados nos sapatos. Em outros países, as crianças recebem presentes. Os da foto são de chocolate, muito presenteados também.

Adventskalender

Adventskalender: Vem do ano de 1851. Começou no mundo protestante. Primeiro para ajudar a fazer contas de matemática, e sobretudo para contar quantos dias até o Natal. Ele começa no 1º de dezembro. Cada dia abri-se uma portinha que contém um doce. Os Adventskalender com doces, como por exemplo, chocolate são os mais tradicionais. Há vários tipos de calendários, com outros produtos, como comésticos. Como vocês podem ver aqui

Papai Noel ou Christkind

Quem dá os presentes? No mundo germafono é a Christkind. As crianças aqui, na teoria devem escrever para ela. Mas, na prática, com a influência norte-americana, cada vez mais, o Papai Noel é visto, especialmente nos Centros Comerciais. Minha filha, bem esperta, fala que ela tem direito a dois presentes. Um da Christkind e outro do Papai Noel.

Músicas Natalinas

E para completar esse post é importante falar sobre as músicas natalinas. A mais conhecida é “Stile Nacht, Heilige Nacht”. Ela foi tocada pela primeira vez, no dia 24 dezembro de 1818, na igreja de St.Nikola, em Oberndorf, em Salzburg. Desde então é música natalina mais conhecida do mundo, traduzida em mais de 320 idiomas. Veja aqui a música cantada por um coro de crianças, na cidade de Steyr, aqui na Áustria.

Um comentário