Quarto lockdown na Áustria?

Como o DricaRibas anda escrevendo em posts anteriores, a situação na Europa com a Pandemia, piorou muito nas últimas semanas, com a terceira onda de infecções. Ontem mesmo, 19 de março, a França decretou um novo lockdown de um mês.

Ontem também, o Ministro da Saúde, Rudolf Anschober em conferência de imprensa, mostrou-se preocupado com o alto número de infecções, hospitalizações e mortes nas últimas semanas, aqui na Áustria. Ele afirmou que se deve evitar, o chamado “Triage”, onde os médicos devem escolher qual paciente tem mais chance de viver.

Nas últimas 24 horas, o número de pacientes nas unidades de terapia intensiva subiu de 11 para 397, um aumento de 14%, em comparação com a semana passada.

Claro que isso muda de região para região. Em Viena, a situação se complicou muito também. Operações não urgentes estão sendo remarcadas. Foram 877 novos casos e 13 mortes em Viena. Na Áustria, ontem, 19 de março foram 3.515 casos e 42 mortes.

Escute o áudio

Mais restrições

Em Viena, os hospitais colocaram mais restrições. Para as emergências, o paciente deve apresentar um teste de covid19 negativo. Operações não urgentes estão sendo remarcadas.

Médicos e especialistas vêem a necessidade de mais camas nas unidades de terapia intensiva. Nessa terceira onda de infecções, a média de idade dos pacientes de é 40 anos.

Nas escolas primárias, já essa semana, as crianças foram testadas três vezes. Nesse quadro, o DricaRibas vê como quase impossível, uma reabertura da gastronomia, prevista para o 27 de março.

Quarto Lockdown

Na segunda-feira, 22 de março, o governo austríaco decidirá sobre o possível lockdown ou novas restrições. Médicos e especialistas já falam de um lockdown, já a partir da Páscoa. O DricaRibas acredita que um quarto lockdown como praticamente inevitável.