Covid19 Áustria: O Passaporte Verde

Na última sexta-feira, 23 de abril, o governo austríaco anunciou a reabertura do país, para o dia 19 de maio. A notícia foi bem recebida. Não é nenhum milagre, já que depois de um ano de pandemia e passando pelo quarto lockdown, as pessoas precisam de alguma perspectiva.

Além da reabertura, o governo também anunciou a criação do Passaporte Verde. Aqueles que estiverem vacinados, ou com testes de Covid19 negativo ou recuperados terão um passaporte verde e assim ter acesso as atividades culturais ou fazer turismo. A previsão é que esses passaportes verdes sejam implementados, que será um aplicativo no celular, é do dia 24 de maio. A idéia vem de Israel.

Mas, o número de casos de Covid19 ainda é muito alto. Vai na faixa de dois mil casos por dia. A situação nas unidades de terapia intensiva nos hospitais, também depende do estado. Em Viena, por exemplo, a taxa de incidência é de 214 por cem mil habitantes. Já no Burgerland, a taxa é de 99,9.

No estado de Vorarlberg, considerado exemplo, há pouco mais de três semanas, sua taxa de incidência era de 60. Agora é 240,2. O estado está com sua gatronomia aberta, desde do começo do mês de Abril. Aí, o Bregenzwald e Lustenau foram isolados. Somente com teste de Covid19 negativo, as pessoas podem sair. Isso mostra, o tão infeccioso é a mutação, no caso a britânica.

Vacina: solução para conter o vírus

Até agora, de acordo com o ORF, 2.798.424 receberam pelo menos, uma dose da vacina, Isso corresponde a quase 20% da população. É uma ótima notícia e o governo espera para as próximas mais vacinas, para acelerar a campanha e vacinar mais pessoas.

Esse será o ponto principal para o passaporte verde. Com isso há uma esperança que o verão 2021 possa ter um mínimo de normalidade. Também uma luz no fim do túnel para os setores de turismo e gatronomia, literamente arrasados, depois de quatro lockdowns.

Vacina Obrigatória?

Essa é uma pergunta que vem sendo muito discutida aqui. Vacinas, de modo geral, não são obrigatórias na Áustria. O governo aposta em campanhas de conscientização para chamar as pessoas, para vacinar.

Também fica difícil falar em “obrigatoriedade” quando não há vacinas disponíveis. Por outro lado, por conta das mutações, há a necessidade de se vacinar o mais rápido possível e o maior número de pessoas possível. Os especialistas afimam que 50% a 70% da população deveriam ser vacinadas.

A implementação do Passaporte Verde é o incentivo para que todos se vacinem. Depois de um ano trancados em casa, ter férias, finalmente ir ao teatro ou almoçar com amigos em restaurante são ótimos motivos para vacinar. Claro, além da nossa saúde, a da nossa família e amigos queridos.

Vacine já

Se você mora na Áustria, não deixe de se inscrever para a vacina. É gratuito: http://www.oesterreich-impft.at. Uma vez aí, você deve escolher o estado onde está e se inscrever. Não deixe de fazê-lo, para ter o seu passaporte verde e aproveitar a vida.