Parlamento Austríaco: cadeia de Covid19 com mais 300 pessoas

Uma grande grande cadeia de infecção foi descoberta no Parlamento Austríaco. O deputado Christian Hafenecker (FPÖ) testou positivo para o vírus e com a variante Delta, considerada mais infecciosa. Para ele e mais trinta pessoas foi decretada quarentena obrigatória, o que se chama de K1 – Kontakt1 – Contato 1. Para o resto, como não tiveram necessariamente contato direto com o infectado, esses são considerados K2 – Kontakt 2 – Contato 2. Para este grupo, não é necessário a quarentena.

Esse cadeia de infecção – cluster gerou um enorme debate. O deputado só informou sobre a sua infecção, dois dias depois que ele já sabia do resultado. Hafenecker foi duramente criticado. O seu partido FPÖ* é conhecido por essa posição negacionista do vírus. O partido nega que sua postura foi “incorreta”.

O que esse “cluster” mostrou é que os parlamentares não precisam cumprir as regras do 3G, que é obrigatória para todos os cidadões austríacos. Eles fazem o teste e só “precisam” informar se estão ou não infectados.

Obs: Freiheit Partei Österreich é o partido da ultra-direita, aqui na Áustria.