Variantes da Covid19 com novo nome

A Organização Mundial da Saúde adotou novos nomes para as mutações da Covid19. O objetivo é evitar discriminação contra países.

O governo indiano pediu que as redes sociais removessem a menção “mutação indiana” das rede sociais. Isso para evitar discriminação contra a sua população.

Nos últimos tempos cresceu muito a discriminação contra os chineses, justamente após o primeiro surto da Covid19, em Wuhan, na China. Além disso, o ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump sempre se referiu ao vírus chinês.

Isso gerou uma série de preconceitos contra os asiáticos, nas redes sociais. De acordo com Maria Van Kerkhove, epidemologista da OMS, “nenhum país deve ser estigmatizado por detectar e relatar variantes”.

Novos nomes

As cepas do vírus foram divididas em dois grupos. Variantes de preocupação (VOC) e Variantes de interesse (VOI). VOC são variantes mais transmissíveis ou resistentes à resposta imunológica. VOI são variantes que estão registradas e estão em observação.

Variantes de Preocupação (VOC)

  • B.1.1.7 (variante britânica) = Alfa
  • B.1.351 (variante sul-africana) = Beta
  • P.1 (variante brasileira) = Gama
  • B.1.617.2 (variante indiana) = Delta

Variantes de Interesse (VOI)

  • B.1427/B.1.429 variante encontrada nos Estados Unidos = Epsilon
  • P.2 variante encontrada no Brasil = Zeta
  • B.1.525 variante encontrada em vários países = Eta
  • P.3 encontrada nas Filipinas = Theta
  • B.1.526 encontrada nos Estados Unidos = Iota
  • B.1617.1 = Kappa

Para concluir este post, essas nomenclaturas já são vistas, nos vários textos da imprensa, aqui na Europa.

Pesquisadores internacionais já reuniram mais de um milhão de genomas da Covid19 através da plataforma GISAID.

E aí você deve estar se perguntando, qual é a diferença entre mutação e variante. De ponto de vista epidemológico, a mutação de um vírus, se for bem sucedido pode resultar em uma variante. Na prática, para nós leigos é quase que a mesma coisa.

Um comentário em “Variantes da Covid19 com novo nome