Skip to content

Menos Ideologia, Mais Ações

Nos úlitmos dias, ler parte dos textos na imprensa brasileira depois da decretação da Intervenção Federal no Rio, virou um exercício que muitas vezes, a gente se pergunta: Será que essas pessoas sabem do cotidiano dos brasileiros?

Mas, aqui, eu gostaria de mencionar duas ações que mostram a total de desconexão de setores da esquerda, no Brasil:

  • Curso sobre o que foi o “Golpe 2016” que será administrado pela Unb e agora pela Unicamp. O Impeachment não foi golpe e está previsto na Constituição. As universidades tem o direito de repensar as situações políticas, até de acordo com sua orientação. Mas, tentar desvirtuar a realidade em prol de uma “ideologia”, isso não é acadêmico!
  • A iniciativa de parte da classe artística brasileira, com a etiqueta #intervençãoévarsa. Lamentável que setores da esquerda acreditam na ideologia cubana e querem que tudo dê errado, para ficar no poder! Tempo de evoluir!

Já para setores da direita, esses acreditam que só os militares serão capazes de resolver o problema da violência no nosso país. Claro que não! Os militares, que aliás que já estiveram na ruas cariocas em outras ocasiões, como Olimpíada e Copa do Mundo, apenas trarão um alívio para a situação de segurança, a nível imediato.

Solução para a segurança pública, para o Rio, vai exigir uma série de políticas, que começa com a segurança pública, passa por uma política de prevenção de uso de drogas, além de uma política de inserção social para a população das comunidades.

Embora pareça “simples”. Isso são polítcas que demorarão gerações e devem ser implementadas, independente de ideologias, seja de direita ou esquerda.

 

Obrigada por ler o Blog do DricaRibas.

%d blogueiros gostam disto: