Eleições na Áustria: Os comunistas ganharam em Graz

Publicado por

Esse resultado foi uma grande surpresa. O DricaRibas está vinte anos na Áustria e nunca imaginou que um partido de esquerda não importando muito em qual espectro, poderia ganhar alguma eleição nos alpes. A região Alpina é conservadora por excelência. Para ver o resultado desta eleição, clique aqui.

O KPÖ: Komunistische Partei Osterreich conquistou 28,84% dos votos e com isso 15 cadeiras no Parlamento em Graz, contra 13 do partido conservador, o ÖVP. Isso também significa o fim do mandato do Prefeito Sigfreid Nagl, do partido conservador, após dezoito anos. Mesmo ganhando as eleições, o KPÖ vai precisar de uma coalizão para formar governo. O mais provável é que seja com o verdes que também conseguiram uma boa votação.

Mas, a grande pergunta que fica na ar: Como conseguiram? Temos que voltar, um pouco no tempo para entender a questão. Em 1992, Elke Kahr, a cabeça de lista e agora nova Prefeita de Graz e Ernest Kaltenegger, criaram um espécie de serviço de ajuda para aquelas pessoas com problemas para pagar o aluguel de seus imóveis. Ambos davam orientação sobre caução e todos os tipos de problema envolvendo os contratos de alguel de imóveis.

O objetivo era de oferecer apartamentos mais baratos, o que ao longo do tempo, aqui na Áustria, de modo geral se transformou em um grande problema para as famílias, onde uma boa parte de seus salários devem ser dado para a moradia. Comprar um imóvel ficou quase que impossível.

Nesse ponto, a cidade de Viena está melhor preparada para demanda. Na última década, na capital austríaca foram construídos vários edifícios para famílias de baixa renda. Cerca de 60% da população vienense vive em apartamentos sociais, os chamados “Gemeindewohnungen”.

Partindo disso, o que a população de Graz, a segunda maior cidade da Áustria, deseja imóveis mais acessíveis. Até que ponto, isso pode ter a ver com o Comunismo é questionável. Uma coisa é certa, uma política voltada para o lado social, essa é a demanda, mais ainda, tempos de pandemia.