Certificado Verde: Finalmente!

Publicado por
Assim o certificado verde – Grünner Pass

Finalmente, depois de tantas idas e vindas, chegou o Certificado Verde. Aqui no Blog, eu resolvi adotar a expressão portuguesa para o “Grüner Pass”. Cada país europeu possue suas regras. Mas, a nível União Européia, vai se exigir esse certificado, como aí da foto.

Ele vale tanto para recuperados de uma infecção de Covid19 ( Genensen), testados negativo para o vírus (Getestet) ou vacinados ( Geimpft), a famosa regra 3G. Para aqueles que fazem teste, o certificado pode ser impresso, seja na sua casa, caso você possua uma impressora. Caso não, a maneira mais fácil é ir a uma farmácia e pedir para imprimi-lo, com seu e-card.

A mesma regra vale para os vacinados. Para conseguir o “QR Code” para o celular, precisa-se de um “handy-signatur” ou “bürger karte”. Para o primeiro, precisa-se pedir um horário para solicitar a assinatura digital. Eu tentei solicitá-lo, mas só há horário para o fim do mês de agosto. Para a segunda a opção, ainda é mais complicado. Isso é feito com um código através do Ministério das Finanças, que nem eu e nem meu marido possuímos.

Consulte na cidade onde você está, para saber das regras locais. Se você mora aqui na Áustria, clique aqui.

Atualização: Eu fui na farmácia, aqui do lado de casa, pedi para imprimir o “Impfizertifkat” – Certificado de Vacinação. Depois baixei o aplicativo “Grüner Pass” do Google Play. Se você tiver o sistema Android, é o link que disponibilizei abaixo. Uma vez instalado no celular, basta fotografar o QR Code do seu certificado de vacina e aí estará disponível no seu celular. Ele é válido, em todos os países da União Européia, junto com uma identidade com foto.

Link para o Google Play