Skip to content

Brexit – Será que vai ter divórcio?

Ontem, a Primeira Ministra Theresa May conseguiu se manter no cargo, depois da menção de censura do seu partido, os Torys.

Mas, isso não signifca que a novela Brexit terminou. O Supremo Tribunal Federal da União Européia decidiu que se a Grãn-Bretanha quiser permanecer como membro, basta enviar uma notificação, sem precisar do consenso dos 27 membros da União Européia. Isso significa, que tudo fica como antes, ou seja, antes do plesbicito que pediu a saída da Grãn-Bretanha.

Theresa May defende o acordo do Brexit, que foi assinado agora no fim de novembro, com a União Européia. Caso esse acordo, não seja ratificado no parlamento britânico, a saída da União Européia acontecerá gerando um caos nas relações comerciais da ilha, com os países membros, no controle das fronteiras e sem contar com a situação da Irlanda do Norte. Vale lembrar, que aí houve um conflito sangrento entre católicos e protestantes.

Sobre a possibilidade de um novo referendo sobre o Brexit, pelo momento não é claro. Não há maioria, nem a favor ou contra. O país está dividido. Theresa May disse que o referendo de 2016 deve ser respeitado e haverá uma tentativa de aprovar o acordo do Brexit até 21 de janeiro, no parlamento britânico. Haja suspense!

 

Obrigada por ler o Blog do DricaRibas.

%d blogueiros gostam disto: