Alemães em massa em Mallorca

Para o feriado de Páscoa, milhares de alemães viajarão para Mallorca, na Espanha. Você deve estar se perguntando, como isso é possível.

Foi adotado como critério, pelo governo alemão, que se algum país tivesse uma taxa de incidência de infecções abaixo de 30 para cada 100 mil habitantes, ele seria cortado da lista de regiões de risco para Covid19. Mallorca possue 28,71 de taxa de incidência, de acordo com o Ministério da Saúde da Espanha.

Essa decisão foi tomada, antes do agravamento da Pandemia. Entretanto, começou da terceira onda de infecções, por conta das mutações do vírus, como a mutação britânica.

Angela Merkel, na semana passada, tentou implementar um lockdown para Páscoa, mas não conseguiu. Além do problema para viabilizar leis de forma rápida, há também um forte lobby de várias associações e sindicatos para frear medidas de restrições.

Claro que cada lockdown deixou rastros desastrosos na economia européia, com milhares de desempregados e pequenas e médias empresas quebradas.

Mais de 130 vôos da Alemanha para Mallorca para semana de Páscoa

A Eurowings, companhia que pertence a Lufthansa voará 44 vezes de nove aeroportos alemães. O número exato de passageiros, a companhia não informou. Apenas se limitou a informar que estão “relativamente cheios”.

Mesmo assim, o governo alemão vai exigir, já a partir de amanhã, terça-feira, 30 de março, de cada passageiro que venha do exterior, um teste de Covid19 negativo.

Caso turistas alemães sejam testados positivo para Covid19, antes de sua volta para a Alemanha, esses podem fazer sua quarentena gratuita em hotéis “lockdown” em Mallorca. Aqueles que preferiram ficar em outro hotel ou em sua casas de veraneio, bancarão os custos de suas quarentenas.

Esses hotéis “lockdown” serão financiados pelo seguro que já está incluso, no pacote de viagem.

Para concluir o post, nenhum britânico pode viajar para Mallorca.