Diário DricaRibas: Maradona se foi.

Já fazia uns dias, que havia burburinhos pelas redes sociais de que Maradona não estava bem de saúde. E ontem, a notícia de sua morte destaque, em todos os jornais europeus. Não é por menos, ele foi um dos maiores jogadores de futebol de todos os tempos.

Para mim, que tive a oportunidade de viver em Buenos Aires, ele é a encarnação da alma portenha. Viveu intensamente, fez o que tinha vontade de fazer, não se importou com as críticas. Pode ser questionado, quanto aos seus posicionamentos políticos, mas não pela sua maneira de vida.

Morreu aos 60 anos. Poderia ter vivido muito mais, mas a dependência química de anos passados, culminaram no seu estado fragil de saúde.

Posso imaginar, como está as ruas portenhas hoje. Descanse em paz, El Pibe.

Obrigada por ler o Blog do DricaRibas.