A triste cifra dos 100 mil mortos

Publicado por

Chegamos a triste cifra dos 100 mil mortos. E não há, parte dos nossos políticos nenhum tipo de iniciativa para buscar soluções para encarar a Covid19.

O governo erra ao não proporcionar o maior número de testes possíveis. Identificar aqueles que faleceram de Covid19 ou se possuía alguma doença pré-existente. Isso seria importante também para haver uma fiscalização sobreo uso dos recursos liberados pelo Governo Federal.

Muitos jovens, no Brasil tem falecido devido ao vírus. O que me intriga. Aqui na Áustria, dos 711 mortos, todos eram do grupo de risco ou possuía uma doença pré-existente. Será que o vírus sofreu alguma mutação? Mais uma razão para testar e pesquisar.

E a oposição? Faz um jogo de cena, com palavras bonitas, mas vazias na intenção real de encontrar estratégias para enfrentar o virus. Essa, só será encontrada na política.

A elite política brasileira não acredita nisso. Preferiu criar uma cortina de fumaça “ismítica”. Vossas excelências em Bsb estão acostumadas a politicagem. E usa o virus para isso. Muitos políticos só se mexem con uma única intenção: ganhar eleições.

Verdade também que o vírus expõe tudo de pior que um pais têm. No caso do Brasil, uma elite política que só olha seu umbigo e uma tremenda desigualdade social. Como é possível falar em isolamento social, nas favelas? Difícil.

No mais, meus pêsames as cem mil famílias. Cem mil pessoas corresponde a uma cidade de médio porte, aqui na Europa. Assusta e entristece.

Já faz tempo que precisamos repensar o Brasil. Mas, para essas 100 mil pessoas, tarde demais. Infelizmente…

Expõe a enorme desigualdade social

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.