A Questão do Irã – A ótica européia

Publicado por

A morte do General iraniano Quassem Soleimani em uma ação dos Estados Unidos, no Iraque, fez aumentar a preocupação européia de uma possível guerra na região. Ao mesmo tempo, nínguem sabe ao certo, quais seriam as consequências. O DricaRibas aponta essas preocupações, em três pontos:

  • A proliferação de armas nucleares: O Irã anunciou que começaria a enrirequecer o urânio, contrariando o acordo assinado, em 2015. Vale lembrar que o governo Donald Trump, já havia se retirado do acordo, em maio de 2018;
  • Economia: uma possível disparada no preço do barril de petróleo e seus efeitos na economia, como um todo;
  • Crise Migratória: com o agravamento do conflito na região, há probabilidade do aumento de número de refugiados, estilo 2015 ou quem sabe, pior.

A queda do avião ucraniano só fez a situação ficar ainda mais tensa. Afinal de contas, no mesmo momento que o Irã começa a lançar foguetes, cai um avião comercial que havia decolado do aeroporto de Teerã.

Os Estados Unidos e Canadá querem uma investigação independente. Já o Irã ignora e afirma que foi um acidente e até mesmo se recusa a entregar a caixa preta para a Boeing analisar.

Hoje, os ministros das relações exteriores dos países membros da União Européia se encontram em Bruxelas. O objetivo é analisar a situação e encontrar possíveis soluções diplomáticas, por mais complicadas que sejam

A parte de “achismos”, caraterístico de parte da imprensa brasileira ou da régua ideológica de certos textos da imprensa, de modo geral, o momento é grave e vai exigir muita negociação.

A pergunta que fica: Será que os principais atores estão dispostos a negociar?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.