A Questão da Prisão em Segunda Estância

Publicado por

O Supremo Tribunal Federal dará continuidade ao julgamento sobre a prisão m segunda estância, nos dias 6 e 7 de outubro.

Do que se trata? Esse discussão serve apenas para ricos e poderosos, esses com dinheiro para pagar advogados caros para entrar na Justiça, utilizando o artigo 5 da Constituição, que fala sobre o “trânsito em julgado”. A medida que entra na Justiça, com vários recursos, o tempo passa e a pena prescreve.

Serve para os pobres? Não. Esses podem mofar na cadeia.

Vale lembrar, que o DricaRibas não defende a impunidade. Delitos graves, como assassinatos, por exemplo, uma vez que a pena está fixa, ela deve ser cumprida.

Recentemente, eu estava conversando com um advogado, aqui em Viena. Perguntei como funcionava a questão da segunda estância e ele me explicou que claramente, que uma vez, a pena fixa o condenado deve cumpri-la imediatamente. Simples assim.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.