A que ponto chegamos

Publicado por

Estamos entrando em uma fase muito perigosa da polarização. Na semana passada, o desconvite da cientista política Ilona Szabo para o Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária, por parte do Ministro Sérgio Moro deixou claro esse perigo.

Não se trata de uma questão de “concordar” ou “discordar”. Trata-se de escutar vozes da sociedade para se discutir assuntos que tocam a inexistente política de segurança pública, no Brasil.

O pior foi ver nas redes sociais, a etiqueta #morobundamole. Setores do próprio governo fritando o Ministro Sérgio Moro, com o intento de colocar algum darling nessa cadeira, com a desculpa que se deve afastar os “esquerdopatas”.

Na leitura do DricaRibas essa situação foi só um aquecimento do que será a discussão do projeto do porte de armas. Vale lembrar, que não foram os bolsonaritas que elegeram o Jair Bolsonaro como presidente e sim, os brasileiros que o elegeram porque não queriam Lula-Haddad como presidente. Queriam uma mudança na política do país.

Depois vem a segunda situação: o falecimento do netinho do Lula. Triste notícia por si mesma. O DricaRibas achou certo que o ex-presidente Lula fosse se despedir do seu netinho. Errado foi usar essa tragédia para fazer política, do mesmo jeito que setores da direita também o fizeram.

A que ponto chegamos! Para um país com gravíssimos problemas econômicos e sociais, como sairemos desse ponto para avançarmos? Como ultrapassar essa polarização? Fica a pergunta.

Obs: Em tempos onde a política virou uma espécie de Fla-Flu requentado, o DricaRibas avisa que não defende políticos, nem partidos políticos. O DricaRibas defende o debate de idéias na política, onde pensar diferente não é um erro, nem um pecado. Ganhar no grito, no tapetão ou na violência não resolverão os gravíssimos problemas que temos. Afnal de contas, todos pagam impostos, todos merecem serviços públicos de qualidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.