Brumadinho – Uma semana

Publicado por

Faz uma semana que a barragem, em Brumadinho se rompeu. De acordo com o site o Globo do dia de hoje, são 110 mortos e 238 desaparecidos. Vamos ser sinceros: na altura dos acontecimentos, encontrar algum desaparecido vivo é impossível. Então, já podemos contabilizar 348 mortos. O DricaRibas já viu alguns textos falando, em massacre. E de fato já se pode assim afirmar.

O presidente da Vale, Fabio Schwartsman disse em entrevista que a sirene não tocou, porque foi engolfada pela lama. Sendo assim, isso mostra a total falta de planejamento para conter catástrofes. Sem falar, como já comentamos no outro texto sobre Brumadinho, o total descaso do poder público, que por força dos lobbistas, flexibilizou a legislação em prol de lucros. Em outras palavras, não se pensou na segurança dos moradores e nem no impacto ambiental. Como ficará o rio Paraopepa, por exemplo? Os moradores poderão consumir a água? E os animais?

O DricaRibas resolveu dar uma olhada sobre reportagens antigas sobre TÜV SÜD. Se a empresa possui um padrão, muito rígido na Alemanha, parece que fora, os padrões são outros. Se em Setembro estava tudo bem, como pode ser que em pouco mais de quatro meses, uma barragem se rompe?

Existem muitas perguntas ainda e que precisam ser repondidas. Por fim, vale umas palavras para os familiares que perderam seus entes queridos. A dor e tristeza de ver alguém que a gente ama, morrer de uma forma trágica, engolfada pela lama. Existe dinheiro que pague essa dor?

Que triste ver a paisagem com lama. É de sentar e chorar…

Texto em alemão sobre a Tragédia de Brumadinho: ttps://www.stern.de/panorama/weltgeschehen/schlammlawine-in-brasilien–welche-rolle-spielte-der-tuev-sued-bei-der-katastrophe-8556988.html?utm_campaign=artikel-sticky&utm_medium=share&utm_source=twitter

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.