Zuckerberg no Parlamento Europeu

Ontem, Mark Zuckerberg, o criador do Facebook esteve no Parlamento Europeu, em Bruxelas, para esclarecimentos quanto a propagação de notícias falsas, postings com contéudos rassistas e o uso dados dos usuários, especialmente o caso envolvendo da Cambridge Analytica.

Sua performance não convenceu aos eurodeputados. Ele se desculpou, como fez no congresso americano e prometeu melhorar a proteção de dados dos usuários.

Os europeus, especialmente, os do Centro Norte anda irritadíssimos com o Facebook, já que a política de privacidade é muito rígida, por aqui.

Outra preocupação é a manipulação de informações, estilo Fake News que podem trazer consequências no terreno da política, como em eleições.

Só para concluir o texto, na próxima sexta-feira entrará em vigor o Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados, aqui na Europa. A idéia é que os usuários possam ter mais controle sobre seus dados pessoais, junto as empresas.

Em outras palavras, parece que o Facebook ainda terá que dar mais explicações, um pouco mais convincentes. Seguiremos o assunto.