A digitalização do trabalho

Publicado por

Dentro das comemorações do dia do Trabalho, aqui na Àustria, houve uma discussão que eu gostaria de trazer aos amigos leitores do blog: a digitalização do trabalho.

O que significa isso? Por aqui, não existe a figura do trocador nos ônibus. Os usuários podem comprar a passagem diretamente com o motorista ou em máquinas instaladas nos ônibus. O mesmo vale para os bondes e até mesmo estações de metrô. Embora, os controladores sejam de carne e osso e, caso o usuário não tenha a sua passagem, a multa custa 120 euros.

Outros exemplos: alguns supermercados oferecem a opção de se pagar você mesmo. Você passa as suas compras através da leitura do código de barras e o pagamento é feito com o cartão de débito ou crédito. Nos aeroportos, algumas empresas aéreas oferecem a opção de se fazer o check in, o passageiro mesmo, com o código da passagem e a leitura dos passaportes através do código de barras. No fim, o passageiro imprimi o ticket da mala e a coloca na esteira para seja entregue no bagageiro do avião.

Aí vem pergunta: quais são os serviços que podem ser substituídos por máquinas? Muitos falam, que tratar com uma pessoa pode ser mais simpático e mais fácil que com uma máquina. Há aqueles que não conseguem tratar com máquinas ou scanners.

No caso do Brasil, quantas pessoas perderiam seus empregos se fossem substituídas por máquinas. Exemplo concreto: os cobradores. Até mesmo os caixas de supermercados.

Se por aqui, a discussão é sobre o calor humano dos serviços, no Brasil precisa-se de estruturação total no mercado de trabalho. Mesmo com as diferenças, eu convido vocês à uma reflexão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.