Beija-Flor Campeã – Análise

Publicado por

Não foi uma surpresa a vitória da Beija-Flor de Nilópolis. Como escola de samba sempre teve seu funcionamento performático impecável. No passado, esse escola trazia desfiles com fantasias de luxo. Aqui temos que fazer um parênteses importante: parte do financiamento das escolas de samba sempre foi de origem ilícita e inclusive contada em samba-enredo. Quem não se lembra do belíssimo “Contos de Areia” da Portela, para o carnaval de 1984?

Defendo esse financiamento, com certeza não. Esse ponto sempre foi um grande problema para as escolas de samba menores, que não contaram com um patrono forte, bem estilo Beija-Flor, agora com seu patrono Anísio Abrãao David preso e a própria Portela, no passado com o Natal da Portela.

Exemplo: a Império Serrano que conta com tradição carnavalesca incrível, mas como sempre não consegue se manter no grupo especial. Inclusive foi rebaixada de novo, esse carnaval! Vale recordar, o belíssimo samba-enredo da Império, “Bum Bum Bati Bum Bum Prugurudum” para carnaval de 1984, ano de inauguração do Sambódromo. Nesse samba-enredo, a Império já fazia crítica sobre as “escolas de samba S/A, super alegorias, escondendo gente bamba”.

Vale a reflexão. Até para o campo da política, em tempos de eleições, já que muitos políticos pregam um discurso e fazem outro na prática.

Para aqueles que querem escutar os samba-enredos mencionados no textos:

Samba-Enredo da Império Serrano de ano de 1984

Samba-Enredo Portela do ano 1984

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.