Groko – Críticas dentro do SPD

Publicado por

Depois da primeira roda de conversas – Sondierungsgespräch – para uma possível formação de governo entre o Union – partido conservador e SPD – Sociais-democratas, as críticas dentro do SPD vêm aumentando.

Os principais pontos de acordo desta primeira roda de conversas foram a diminuição de número de refugiados que seria no máximo de 220.000 pessoas por ano e nenhum aumento de impostos.

Os críticos do SPD consideram esses pontos insuficientes para uma possível negociação de governo, já o partido conservador, o Union alega que esse documento com esses pontos são começo e que tudo deve ser negociado.

Para esclarecer o assunto:

– no sistema parlamentarista, um governo é formado a partir de uma coalizão entre os partidos ganhadroes. No caso da Alemanha, precisa-se de 355 cadeiras, do total de 709. O Union possue 246 cadeiras e o SPD 153, assim tendo 399 cadeiras;

– Groko é como as alemães chamam a Grande Coalizão entre o Union- Partido Conservador e o SPD – Partido Social-democrata;

– Angela Merkel já tentou uma negociação para formar governo com os Liberais e o Partido Verde e as mesmas falharam. Formar governo com o SPD é a última chance para Frau Kanzlerin Merkel, caso contrario eleições;

– se as negociações entre Union e SPD derem certo, o novo governo alemão será empossado para a Páscoa.

Para que as negociações seguirem, o SPD terá que convencer a sua base nos estados.

Seguiremos esta história.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.